Testemunhos

Kelimar alcançou a cura de sua filha por meio do Parceiros de Deus

11258946_820776584676225_1999684302_nDeus quer realizar milagres na vida de todos os seus filhos, mas precisa que cada um deles abra o coração para que a graça aconteça. É preciso ter fé e acreditar que a mão poderosa do Senhor agirá e assim aconteceu com Kelimar Guimarães dos Anjos, 29, auxiliar de serviços gerais. Por meio de sua irmã, que escuta a Rádio Sara Brasil FM, conheceu o projeto Parceiros de Deus e tudo em sua vida mudou.

“Depois que a minha irmã me falou do projeto, Deus tocou ao meu coração e resolvi ligar na central. Fiz o meu cadastro e aproveitei para pedir oração para a minha filha, que na época tinha 10 meses. Ela sofria de uma alergia no braço e por mais que fossemos aos médicos, nada mudava”, conta.

A alergia da pequena Lara, era tão intensa, que por vezes sangrava sem parar. Nenhum remédio solucionava o problema e em alguns casos, chegava a piorar. Em uma quinta-feira, Kelimar pediu oração para Lara e ao chegar no domingo todas os machucados sumiram, não havia nenhum sinal de alergia. “Parecia que tinham lavado o bracinho dela e que tinha sido curado. Sei que foi Deus, por intermédio da oração do Parceiros de Deus”, afirma.

E as bênçãos não pararam, Kelimar alcançou a sua casa própria na cidade de Goianésia, no Goiás, onde morava de aluguel e desde então fala aos seus vizinhos como o projeto é incrível e abençoa muitas vidas.

 

 

Creche Vó Zizi comemora o Dia das Mães em clima de festa

Dia-das-Mães-2321 “Ser mãe e ter uma mãe é uma dádiva de Deus na Terra. É uma preciosidade e que você possa se sentir lisonjeada por ser mulher e mãe”, disse a coordenadora pedagógica Pryscilla Prado assim que começou a tarde de comemoração ao Dia das Mães.

Para deixar o dia ainda mais especial, Bispa Ana Célia profetizou bênçãos sobre a vida das mãezinhas “Seja a mãe que seus filhos tenham orgulho e sintam saudade e não que tenham alegria em te perder. Ser mãe é ser completa, por isso para criar filhos com amor tem que ser dado também limites”.

“Eu tenho segurança em deixar o meu filho aqui porque vejo que é um lugar de tranquilidade, de qualidade e pelos princípios bíblicos que ele aprende. Percebo que depois que ele entrou na creche, ele está mais calmo, o se desenvolvendo mais”, destaca a mãe do pequeno David do Rosário de 4 anos, Alcione do Rosário.

“Aqui é um ótimo lugar. Percebo que o relacionamento dele com as outras crianças aumentou. Hoje, vim direto do serviço para participar, porque acho muito importante da vida escolar dele. Sou muito grata por ter o meu filho matriculado na creche”, diz Maria Domingas, mãe do pequeno Yago Rian de 1 ano e 5 meses.

“Esse é o segundo ano dela aqui na creche e percebo uma maior independência, já quer se vestir sozinha, melhorou a coordenação motora. Ama realizar as atividades passadas pra casa e se relaciona muito bem com as outras crianças. Sabe o nome de todos os amiguinhos e isso é muito bom, vejo que é um lugar que ela gosta de estar”, comemora Marcelina Aparecida, mãe da pequena Ester Vieira de 3 anos.

Confira fotos:

Sérgio Faleiro declara que o Parceiros de Deus tem sido fonte de muitas bênçãos em sua vida

11186205_816718025082081_4820756_nO projeto Parceiros de Deus tem alcançado cada vez mais vida e renovado as esperanças de milhares de pessoas em todo o Brasil. Por meio da rádio Sara Brasil FM, pessoas que não tem muito contato com outros veículos podem conhecer o PD e receber muitas graças. Assim aconteceu com o aposentado Sérgio Faleiro Alves, 53, que participa da igreja Cenáculo de Oração, em Goiânia/GO e ouviu falar do projeto pela rádio.

“Antes de conhecer a Sara Brasil e ouvir falar do projeto, minha vida era de muitas lutas. Comecei a ouvir a programação e depois de seis meses Deus tocou ao meu coração para ser um Parceiro. Há 3 anos tinha uma ação no INSS que estava parada. Ao fazer as minhas doações, com apenas dois meses o juiz deu a sentença a meu favor”, conta.

As bênçãos não pararam de chegar até a vida de Sérgio. Sua filha que fumava e estava envolvida com maconha foi liberta dos vícios. A vida profissional do marido de sua outra filha também melhorou, pois ele era taxista mas não era proprietário do carro e conseguiu adquirir o seu bem próprio. “Só tem acontecido bênção na minha vida depois que me tornei Parceiros de Deus e sei que Ele me agraciará com muito mais. Estou orando por uma causa e sei que serei atendido. Quero muito ter a minha casa própria, porque estou morando de aluguel e é uma situação muito ruim”, diz Sérgio.

 

 

 

Joselma Oliveira semeou no Parceiros de Deus e em pouco tempo recebeu o retorno da sua semeadura

11198958_829332453815641_1916967906_nJoselma Oliveira tem 32 anos e após o nascimento de sua filha, seu objetivo era voltar ao mercado de trabalho, mas não foi tão simples como lhe parecia. Joselma estregou currículos, aguardava ser chamada, mas durante um ano, nada aconteceu.

Porém, num certo dia, Joselma estava indo para o Revisão de Vidas quando algo falou em seu coração que o seu emprego só viria depois de um ato de fé. “Me veio na cabeça o projeto Parceiros de Deus automaticamente. Cheguei do revisão transformada e com um objetivo maior ainda: ia ser uma parceira”, conta.

A jovem mãe, que conheceu o projeto durante uma célula estratégica, estava determinada a ser uma colaboradora, mas a realidade lhe bateu a porta. Seu marido já havia comprometido 90% da renda do casal e o que sobrava mal dava para o sustento da família, nesse momento a jovem mãe recorda que lhe veio um pensamento: “Deus, como vou fazer para ser um Parceiro de Deus, se não tenho nem pra comer dignamente?”.

E Deus ouviu a suas preces. Ao acompanhar a programação da rádio Sara Brasil, Joselma teve a certeza que Deus é um Deus de providência e que iria agir em seu favor. “Continuei orando e pedindo a Deus que me desse o primeiro sinal. Num certo dia recebi a pensão do meu filho mais velho. Era uma quantia muito pouca, para ser mais precisa era apenas R$160,00. Desse dinheiro eu tinha que comprar comida para os meus filhos, o que não dava nada”, recorda. 11093715_829331983815688_790921987_n

Mesmo com o pouco, Joselma tomou uma decisão e resolveu ser uma colaboradora. Sua líder então ligou no Parceiros e pediu para que alguém entrasse em contato  com Joselma. “Depois de uma semana me ligaram e me mandaram o papel pra pagar . Senti uma felicidade enorme e ao mesmo tempo um incômodo, porque  eu estava usando um dinheiro que me faria falta. Doeu muito, mas o pastor Jean naquele dia falou que a oferta dada com dor pra Deus tem muito valor porque Deus sabia que eu não tinha condições pra isso”, relata.

Foi então que num ato de fé, Joselma foi até o banco e pegou o carnê. Naquele momento lhe bateu uma felicidade enorme em seu coração e uma calma lhe tomou conta. ” Sei que era Deus trabalhando em meu favor”, conta.

Após sete dias em que havia feita a primeira contribuição no projeto, Joselma já começou a ver os resultados. “Eu ouvi, outra mensagem na rádio onde o pastor falava que a vitória viria naquele dia,não seria no dia seguinte, mas naquele dia mesmo”. 

Joselma confiou e após 10 minutos recebeu uma ligação. Do outro lado da linha a pessoa lhe convidava para uma entrevista de emprego. “Fui com muita fé e chegando lá não tinha nem concorrência, o emprego já era meu”, recorda.

A jovem conta que estava desesperada para trabalhar e que qualquer proposta estaria aceitando, mesmo sabendo que a oferta não era tão boa, como sua irmã lhe havia alertado, mas ao chegar na empresa foi surpreendida. “A contratante me deu o dobro do que eu pensava em receber, ou seja, Deus me honrou e ainda dobrou o meu salário. Até minha irmã se surpreendeu. O Parceiro de Deus transformou a minha vida. Aumentou a minha fé e me fez vencedora. Tudo ainda é recente, contribuo a apenas dois meses e não pretendo parar nunca mais”, comemora.