Posts com a tag célula

John Cleyton fala sobre a importância dos Parceiros de Deus na sua vida e célula

1O projeto Parceiros de Deus pode mudar milhares de vidas, como tem feito ao longo de vários anos. Por meio da sua semente o PD alcança pessoas por diversas partes do Brasil e do mundo. John Cleyton Barbosa Campos, hoje faz parte da SNT Palmas e por meio do convite de uma amiga para participar de uma célula o jovem conheceu a SNT e o projeto.

“Através da célula pude conhecer o projeto Parceiros de Deus e ir me aproximando cada vez mais da igreja. Quando entrei no ministério achei muito legal a animação das pessoas, jovens apaixonados pela obra, que se dedicam mesmo e estão gastando o seu tempo e tem motivação, inspirados pelo Espírito Santo”, afirma John.

Ele conta ainda que o projeto foi fundamental para exercitar o seu lado cristão de ajudar o próximo. “O PD é algo muito legal, porque muitas vezes você tem vontade de ajudar mas não sabe como e aqui através da sua oferta, da sua contribuição você vai estar ajudando a vida de muita gente que precisa e assim ir sustentando essa obra maravilhosa”, destaca. John convida também aqueles que ainda não são Parceiros de Deus a se tornarem colaboradores dessa missão.

Creche Vó ZiZI recebe festa surpresa de voluntários

Olhando no dicionário o significado da palavra doação, inúmeras palavras aparecem como significado: brindar, presentear, ofertar, oferecer, transferir, passar, ceder. E foi isso que a gerente comercial Lorena Mesquita fez. Juntou a vontade de ajudar ao próximo, pediu ajuda e concretizou o seu desejo de mostrar que uma simples iniciativa modifica o dia de alguém.

Com a colaboração de um grupo de amigos da empresa em que trabalha, familiares e colegas de célula, conseguiu fazer algo especial nesse Natal. Procurando uma instituição séria para proporcionar um dia de festa, ela escolheu a creche Vovó Zizi, localizada no Campus Arena, Distrito Federal. “Eu sempre tive esse desejo no meu coração e há cerca de quatro meses eu comecei a frequentar a célula do meu tio, Roberto Nobre,  da equipe Fire na Sara Nossa Terra da Ceilândia. Lá eu passei a conhecer a igreja, o projeto Parceiros de Deus e pedi ao meu tio o contato da creche Vó Zizi, porque eu queria fazer algo para as crianças. Então, entrei em contato com a diretora Pryscilla Prado e fui conhecer. Gostei do que vi e marcamos a data dessa ação”, destaca.

Com o local escolhido, Lorena, junto com seus colaboradores, proporcionaram uma tarde de festa com direito a bolo, cachorro-quente, pula-pula, carrocinha de pipoca, sucos e muito mais. A festa contou ainda com pintura de rosto, teatro com fantoches e, claro, a presença da Mamãe e Papai Noel, que trouxeram não somente presentes e roupas, mas reacenderam o espírito da solidariedade e esperança de um futuro melhor às crianças.

Lorena, que é mãe de um casal de crianças, se enche de orgulho por ter realizado essa ação e comenta que esse foi só um ponto de partida para uma parceria ainda maior. “Assim como Deus tocou em meu coração, espero que mais pessoas sejam tocadas.  Essas crianças precisam de ajuda todos os dias e isso só é possível com a doação de tanta gente. Com um pouquinho que cada pessoa faz, já faz a diferença. Isso aqui é uma pequena demonstração de sermos gratos a Deus por tudo e, assim, também mostro aos meus filhos que é bom ter essa iniciativa. E a minha colaboração não acaba por aqui e espero que as pessoas vejam que não é só no Natal que a gente tem que fazer algo a alguém, mas é uma atividade diária”.

E você, também quer fazer parte dessa corrente do bem? Apadrinhe uma criança da creche Vó Zizi. São 55 crianças assistidas, que sem dúvidas se sentirão ainda mais amadas. “É sempre bom ter pessoas dispostas a ajudar, porque é uma oportunidade de proporcionar algo diferente para as crianças”, destaca Pryscilla Prado, coordenadora da creche.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Osvaldo Martiniano

Paula Souza semeou nos Parceiros de Deus para abrir a própria célula e alcançou seu objetivo

Poder falar sobre o Senhor e propagar a Sua Palavra, esse era o sonho da jovem Paula Souza, que é membro assídua da Sede da Sara Nossa Terra, de Goiânia. E foi pensando nesse objetivo de vida, que ela decidiu semear nos Parceiros de Deus. “Eu fiz uma oferta um dia, com o intuito de abrir a minha célula”, lembra.

Em pouco tempo e para a felicidade de Paula, esse objetivo foi alcançado e ela tornou-se líder de célula. “Com pouco mais de um mês eu abri a minha célula, graças aos Parceiros de Deus que tem sido uma bênção na minha vida”, acrescenta.

A alegria e satisfação em servir ao Senhor é nítido na fala da jovem, que aproveita a oportunidade para fazer um convite a todos aqueles que não conhecem o projeto. “Seja um Parceiros, porque você não vai perder nada, além de ser uma oportunidade do Senhor usar a sua vida. É uma bênção fazer parte desse projeto, porque como o próprio nome diz: é ser, de verdade, amigo de Deus”, destaca.

ParceirosdeDeus_Banner700x90_Outubro10-

“O projeto é transformação para a minha vida”, diz Lisraiane, da SNT Fercal/DF

Lisraiane passou por um momento obscuro em sua vida quando envolveu-se com as drogas. Por influência de amigos até mesmo do trabalho usava LSD e outros entorpecentes durante o horário de expediente e chegava a virar noites fora de casa. Passou a beber e ter muitos conflitos com a mãe, não querendo mais ficar em casa. A necessidade pela droga era tão grande que ela chorava e se desesperava de abstinência.

“Na Conferência Arena Jovem tudo mudou. Quando cheguei no Campus Arena senti que algo seria diferente. Então decidi que não poderia mais levar aquela vida”, conta. Hoje, a família da jovem foi totalmente restaurada, inclusive seus irmãos que também se drogavam e bebiam abandonaram o vício e seu relacionamento com a mãe melhorou muito.

Abriu sua célula e por meio de sua líder foi apresentada aos Parceiros de Deus, em que afirma já ter falhado, mas não desistido. “Sei que o projeto é transformação para a minha vida, é algo que vai trazer milagres para a minha casa, pois eu estava em uma fase que nunca imaginei que fosse chegar e quando acordei estava no fundo do poço, mas Deus me livrou e hoje não sinto mais vontade de usar nenhuma droga”, diz.