Posts com a tag Brasília

Parceiros de Deus realizam ações sociais em Brasília para um natal mais feliz

b1e63e49-6131-4e2a-9e0b-0cf3631ca655O fim de ano bate à porta e os Parceiros de Deus irão realizar ações sociais em prol dos que mais precisam. Fazendo um Natal Melhor, essa é a proposta dos voluntários do projeto.

E para começar o mês bem animado, no dia 02 de dezembro, acontece o Natal em São Sebastião, cidade satélite do Distrito Federal, com distribuição de 500 brinquedos, cachorros-quentes e sucos.

Já no dia 15 de dezembro acontece a distribuição de brinquedos no presídio feminino Colméia. E para encerrar, no dia 16 acontecerá o café solidário na Comunidade Terapêutica Desafio Jovem.

 

Parceiros de Deus realizam café solidário em comunidade terapêutica de Brasília

No último sábado, 02 de setembro, voluntários dos Parceiros de Deus, em Brasília, realizaram um Café Solidário à Comunidade Terapêutica Desafio Jovem.

Com muita música, disseminação da Palavra do Senhor e amor ao próximo, os voluntários promoveram um ambiente de descontração aos alunos da instituição. Sob a coordenação da Bispa Ana Célia Lira, todos eram só alegria. “Em um mundo em que todos querem ser servidos, faça como Jesus: sirva!”, pontuou Ana Célia.

Na ocasião, os voluntários doaram à instituição alimentos e roupas. Claudyandson Rodrigues foi um dos voluntários que participaram da ação: “Antes de criticar uma igreja, procure saber da sua obra e quantas pessoas ela já ajudou. Parabéns aos pastores Berg e Carminha pelo incrível trabalho e sei que Deus tem uma nova história para cada um daqueles que o buscam! Trabalho maravilhoso da igreja Sara Nossa Terra”, destacou em suas redes sociais.

Sobre a Comunidade Terapêutica Desafio Jovem:

É um dos projetos mantidos pelos Parceiros de Deus e há muitos anos ajuda milhares de jovens a sair do mundo das drogas. Está localizada em Planaltina, no Distrito Federal, e tem uma rotina diária bem ativa.

Os alunos acordam às 6h30 da manhã e tem atividades até as 21h30. São servidas as cinco refeições diárias e entre elas, no período da manhã são realizadas atividades em sala de aula e durante a tarde as atividades práticas com lavoura, horta e cozinha. Nenhuma parte do processo de tratamento conta com auxílio de medicamentos. Durante o tratamento, os alunos realizam atividades agrícolas e podem assim aprender uma profissão para desempenhar na sociedade, ao sair da comunidade.

Confira fotos do Café Solidário:

Crédito das fotos: Ronaldo Caldas

Paulo Cézar conta como a Comunidade Terapêutica Desafio Jovem tem mudado a sua vida

pauloHá dez anos, Paulo Cézar Moura, 42 anos, é dependente químico e não conhecia a Palavra de Deus. Viciado em drogas perdeu tudo que possuía. Sua família o abandonou e precisou se afastar do seu filho. Tinha o emprego de cozinheiro e pelo vício não conseguiu se manter sóbrio para dar continuidade as suas atividades.

Por meio do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, conheceu a Comunidade Terapêutica Desafio Jovem Brasília, projeto que também é mantido pelos Parceiros de Deus há alguns meses e desde então viu uma nova oportunidade em sua história. “Eu tive vários problemas na minha vida e depois que conheci o projeto tenho procurado o entendimento da Palavra de Deus. Sou muito grato por essa casa não ter desistido de mim, assim como Deus não desistiu de mim”.

Paulo Cézar, junto aos demais alunos, realiza atividades agrícolas e pode assim aprender uma nova profissão. São realizados plantios de todos os tipos de hortaliças e frutas para o consumo próprio. Ele já foi preso e se envergonha muito disso. “Hoje quero ser uma nova pessoa, principalmente para mim e para o meu filho”.

Além das atividades de recreação, profissional e de intimidade com Deus, há também momentos em sala de aula, que é o currículo e o coração do Desafio Jovem Brasília e que tem precisado muito de ajuda, como alguns materiais para sala de aula, porque está tudo muito precário e precisa-se de carteiras e cadeiras.

Paulo Cézar faz um apelo aos Parceiros e aqueles que ainda não fizeram a sua doação. “Peço a colaboração de vocês, que continuem doando e ajudando esta instituição e também as pessoas que estão lá fora, porque ainda tem muita gente precisando de ajuda. Estou retomando um novo caminho na minha vida. Espero que você contribua, seja com material, doação e até mesmo com o seu voluntariado”.

Membros da Embaixada SNT realizam visita à comunidade terapêutica de Planaltina (DF)

Parceiro-de-Deus-6968-150x150O clima era de total interação e muita alegria na manhã deste sábado (05), na comunidade terapêutica “Desafio Jovem Brasília”, localizada em Planaltina, no Distrito Federal. O motivo? Uma visita muito especial realizada por membros da Embaixada Sara Nossa Terra sob a coordenação da Bispa Ana Célia.

O grupo de visitantes era composto por mais de 30 pessoas entre bispos, pastores, líderes e discípulos. Desde o pequeno Lucas com apenas 3 meses de vida, ao mais velho, todos  reservaram um tempinho do seu dia para se dedicar ao voluntariado. “Está ação promovida pela igreja é muito linda e fico feliz por poder ajudar outras pessoas, ainda mais em um mundo tão individualista que temos vivido. As pessoas se disponibilizarem ao outro é um ato muito bonito”, disse a jovem Stephanie Nunes, 16, que visitava pela 1ª vez a comunidade.

E os visitantes promoveram um café da manhã com uma mesa farta de frutas, bolos, sucos, pães, além de contribuírem para a manutenção do local com doações de materiais de limpeza, alimentos não perecíveis, verduras e frangos. Mas muito mais que levar um donativo material, um carinho, uma palavra amiga e atenção fizeram a diferença para os 35 alunos que atualmente residem no local. “Essa ação eu vejo em dois ângulos: Primeiro é o bem estar que gera nas pessoas que querem ajudar e fazem isso voluntariamente. Segundo, as pessoas que aqui residem e a própria entidade recebe um novo fôlego para conseguir superar os problemas. Com a visita a gente percebe que eles se sentem mais motivados”, comentou o Bispo Abmael Lira.

Para  reforçar a importância da visita e o apoio aos alunos, o coordenador do local Lindenberg Boechat destacou que a ação pode ser traduzida como “amor”. “Eles precisam muito desse carinho, principalmente, porque lá fora eles eram excluídos, marginalizados. Isso pra gente não tem preço, nos deixa muito feliz”.

Prestes a completar o tratamento, o paulista Rodrigo Pivoto é só alegria ao contar que já está com passagem comprada para voltar a sua cidade natal,  São José dos Campos (SP). “Vou no final do mês rever toda a minha família e fico por lá 15 dias, mas volto,  agora para ser um estagiário de obreiro e poder ajudar outras pessoas, porque sei que a minha vida desde que pisei neste local pela primeira vez tem sido só de bençãos”, comemorou.

A comunidade é mantida por meio de doações e sempre está de portas abertas para receber a todos que necessitam de ajuda. Está situada em um ambiente arborizado e que transmite muita paz. Os funcionários são voluntários e dedicam suas vidas exclusivamente à causa. O tratamento dura 9 meses, sem uso de medicamento e o aluno é livre para sair quando quiser.