NOTÍCIAS

“Minha esposa não procurou o emprego. Ele a procurou”, diz Verilson Navarro

Neste testemunho dos Parceiros de Deus, Verilson Navarro Filho, conta que em aliança ao  projeto Parceiros de Deus, ele e a esposa Yngrid Haiany, tiveram as contas pagas e, literalmente, um emprego a procurou .

“Somos Parceiros de Deus e embarcamos neste projeto maravilhoso. Percebemos que em um ano que estamos no projeto o Senhor tem nos abençoado grandemente, pois não tem nos deixado faltar nada. Inclusive, tem nos dado estratégias para vencer. Éramos endividados e conseguimos pagar as nossas contas.  Minha esposa está terminando a residência em fisioterapia e recebia uma ajuda financeira, mas estávamos receosos quando este valor terminasse. Ela ficaria um tempo procurando serviço. Mas Deus foi tão maravilhoso que ela sairá somente em março e já tem um trabalho certo. Um emprego incrível, perto de casa e que vai abrir possibilidades de muito crescimento. Ou seja, minha esposa não procurou o emprego, ele a procurou”, comemora.

Parceiros de Deus realizam café da manhã especial em comunidade terapêutica de Brasília

Na manhã do último sábado, dia 07, os  Parceiros de Deus promoveram um café da manhã na Comunidade Terapêutica Jovem Brasília, assistida pelo projeto.

Os voluntários saíram da Embaixada Sara Nossa Terra, com destino à Planaltina, para promoverem um dia especial aos internos e funcionários.

Na ação eles levaram várias doações entre materiais de limpeza, higiene pessoal, frutas, verduras e legumes, carnes, além de um delicioso café da manhã e almoço que foi servido após um momento de oração e louvor.

Confira fotos:

Valdick Magalhães conta as maravilhas que o Senhor fez em sua vida ao se tornar PD


O jovem Valdick Magalhães conta que está na Sara Nossa Terra há mais de 10 anos e neste testemunho, descreve que ao assumir um novo voto financeiro, as portas se abriram de tal modo, que hoje ele tem o emprego dos sonhos.  “Ano passado foi minha ordenação de pastor. Eu e minha esposa Nataly somos discípulos do bispo Tales em Campo Grande. Desde que eu entendi o projeto Parceiros de Deus eu me apaixonei, onde sempre fiz votos. Eu simplesmente não entregava, mas fazia votos do projeto, onde eu tinha um destino e propósito para minha semente. Enfim, Deus desencadeou na minha vida o processo das ofertas. Inclusive, de um ano pra cá tive bênçãos surreais – milagres que somente o Senhor poderia explicar. Entre eles,  quando era corretor de imóveis eu não tinha minha casa própria, e o bispo me deu uma palavra: Você precisa comprar uma moradia própria. E o milagre aconteceu: – no ano passado conseguimos comprar o nosso apartamento, com muito sacrifício, ofertas e sementes”, destaca.

Outro milagre que o jovem testemunha foi a aquisição de um automóvel de forma atípica. “Precisava de um carro urgentemente, pois minha esposa estava grávida. Eu não tinha nem a metade do dinheiro que o proprietário pediu, tinha apenas uma moto. E deu tudo certo, o carro está quitado, ele me deu um veículo praticamente de graça, paguei todas as parcelas. E também agora cuido das máquinas de cartão de determinado Banco. Na época, dos testes, eram 406 pessoas que se candidataram para apenas uma vaga. Fiz uma série de processos seletivos e fiquei com a vaga. Deste modo,  ano passado, fiz um voto com Deus que se uma nova oportunidade profissional surgisse eu daria 30% do salário, mensalmente e da forma que falei a oportunidade apareceu, sendo que no meio do processo surgiu outro emprego ainda”.

E para completar, Valdick fala da importância dos desafios. “Estamos com um filho de 7 meses. É uma bênção, um milagre. Hoje posso falar o quanto sou grato por Deus. Tudo que tenho hoje devo a Deus e à Sara Nossa Terra que me ensinou ser uma pessoa visionária”, comemora.  

Breno Bertulucci destaca que vivenciou milagres por meio de sementes lançadas no PD

O estudante do último ano em engenharia, Breno BertuluccI conta que não acreditava em Deus, mas chegou à célula por meio de um convite de um amigo. Destaca ainda que as transformações ocorridas desde a primeira oferta nos Parceiros de Deus consolidaram a fé e coragem em acreditar nas mudanças positivas geradas por Deus. “Cheguei à Sara Nossa Terra no final de 2013 por meio de um convite de um amigo. Fiz o Revisão de Vidas em fevereiro de 2014, pois a princípio eu não acreditava em Deus, acreditava somente na ciência e achava que o Senhor não existia. Porém, pela amizade eu concordei em ir à reunião. Fiz o Instituto de Vencedores e as circunstâncias começaram a mudar em minha vida, mas passei a acreditar realmente no Senhor quando estava no segundo módulo do Instituto, quando tive que abrir mão do meu orgulho e de muitas convicções que eram a base de minha vida. E, claro, o que me ajudou muito no processo foram as Conferências Ciência e Fé do Bispo Rodovalho, que me trouxeram uma certeza ainda maior sobre a testificação das verdades eternas”, salientou.

Breno definiu que as respostas foram sobrenaturais e que se refletiram no natural em cada nova etapa que prosseguia na aliança. Quer dizer, desde quando ele e a mãe decidiram acreditar na semente financeira, um processo gradativo de mudanças ocorreu.“A minha mãe estava desempregada há mais de cinco anos e ela sustentava a nossa casa apenas com a pensão de meu pai. Abri uma célula lá em casa e comecei a falar dos Parceiros de Deus”, lembra.

Breno ainda conta a resiliência de sua mãe que em nenhum momento deixou de acreditar no milagre. “Ela começou a ouvir as palavras da célula e cada semente que ela fazia, colocava um pedido de oração. E minha mãe tinha um sonho de abrir uma empresa e Deus foi colocando de uma forma nítida. Cada vez que ela ofertava, mais portas se abriam. E em Luanda, na África, ela abriu uma empresa de reciclagem, resíduos sólidos e ambientação. Foi quando ela deu este ponta-pé e abriu a empresa. E, hoje, ela tornou-se uma grande empresária e mudou o ambiente de nossa casa em todos os segmentos. Eu casei em 2017 e hoje sou obreiro na SNT ao lado de minha esposa, inclusive, ajudamos mais de 50 pessoas”, finalizou.