Testemunhos

Edson tornou-se Parceiros de Deus e viu o resultado de sua semeadura no seu lar

Edson Nazário, 20 anos, conheceu a igreja Sara Nossa Terra por meio de um convite de uma amiga da escola. Ao participar dos cultos na igreja, passou a presenciar os milagres na vida de seus líderes. Ali, o jovem percebeu que eles alcançavam os resultados esperados, porque depositavam a sua fé em Deus e semeavam nas obras da igreja, como o projeto Parceiros de Deus.

Edson passou então a conhecer melhor o projeto e tornou-se um Parceiro. Durante um culto, o jovem foi desafiado a pegar uma chave, que abriria todas as portas de sua vida. A mãe que estava com ele na ocasião, lhe disse que aquela seria a chave da casa própria da família. O jovem pegou aquele sonho da mãe para si e passou a semear ainda mais nos Parceiros de Deus.

Naquela altura, sua família não tinha condição financeira para adquirir um imóvel, mas Edson não desistiu. Após 2 anos, seu pai foi surpreendido com a abertura de um negócio que lhe rendeu a tão sonhada moradia. “A gente não sabia como ia vir, mas semava acreditando, foi então que eu vi que era o milagre que tanto semeei nos Parceiros, nas ofertas”, conta.

E não parou por aí não e novamente o pai de Edson conseguiu adquirir mais um imóvel. Hoje a família é estruturada financeiramente, tem imóveis e carros e a felicidade é estampada no rosto do jovem. “Eu aprendi com o meu líder que a semente que a gente semeia não só a rádio, a TV Gênesis, as igrejas e as creches são beneficiadas, mas a gente também”, destaca.

 

Allan Chander conta como sua semeadura nos Parceiros de Deus lhe rendeu uma multiplicação no salário

Allan Chander está na Sara Nossa Terra de Jardim Irajá (SP), há cerca de 2 anos e sempre ouviu falar dos Parceiros de Deus, mas nunca deu importância ao projeto. “Nunca dei muita bola, nunca procurei saber o que era”, recorda.

Mas ao tomar consciência da grandeza do projeto e todos os benefícios que ele proporciona, o jovem passou a ter outra visão. “A minha igreja está aberta graças aos Parceiros de Deus. Nós pagamos o aluguel com a ajuda dos projeto. Eram 15 pessoas no começo e hoje somos mais de 260, e se não fosse esse investimento, não teríamos esse número de pessoas na igreja”.

Allan conta que sua caminhada nos Parceiros de Deus se deu ainda na célula, passando depois para sua equipe. A meta inicial no projeto era de R$300,00, mas logo iria aumentar, em uma quantia que o jovem não imaginava. Trabalhando em uma empresa de telefonia, Allan não aguentava mais aquela situção, mesmo assim, nunca deixou de honrar seu dízimo e suas ofertas. “Eu ficava sentada 6 horas em uma cadeira vendendo, era complicado, mas sempre honrando os Parceiros de Deus. Foi então que meu chefe me chamou para conversar e hoje ocupo o maior cargo dentro da empresa. A minha meta era R$300,00 e hoje eu ganho 10 vezes mais do que isso. Eu honrei os Parceiros de Deus desde o começo e Deus provou no meu coração”, destaca.

No mês de agosto o projeto Parceiros de Deus traz um presente especial para você

CategoriasParceiros_ouro_Agosto2015_600x600O mês de agosto está apenas começando e que tal receber um presente super especial? Neste mês, quem se tornar um Parceiros de Deus Ouro leva para casa um DVD com mensagens do Bispo Robson Rodovalho, para edificar ainda mais o seu lar.

Para participar é muito simples. Basta contribuir com o valor mensal a partir de R$ 50 reais, pelo Call Center do PD ou pelo site do Pag Seguro. Saiba que além de ser presenteado, você estará ajudando diversas crianças que frequentam as creches do PD, manutenção da Rede Gênesis de Televisão, a Sara Brasil FM e expansão de novas igrejas.

Participe e seja um mantenedor dessa obra de Deus na terra.

A sobrinha de Francisco tinha apenas 10% de chances de sobrevida, mas ele não desanimou e confiou ainda mais no PD

unnamed (1)Quando o médico diz que as chances de sobrevida de um bebê são de apenas 10% a tendência é desanimar e não acreditar em um milagre, certo? Com Francisco Mendes, foi diferente. O jovem morador de Osasco, na grande São Paulo, após receber essa notícia em relação a gravidez de sua irmã, não pensou duas vezes e depositou ainda mais a sua fé e confiança em Deus.

A irmã de Francisco teve uma gravidez de risco, em que nos 5 meses de gestação precisou ser internada para ter um acompanhamento adequado. Neste período, a família não sabia como estava a criança, ou mesmo qual o sexo do bebê.unnamed Parceiros de Deus assíduo, Francisco não só determinou no projeto um milagre na vida do bebê, como fez um propósito de sacrifício e a resposta veio rápida. “Como resposta ao meu sacrifício, a minha sobrinha nasceu. Nasceu prematura, mas foi um grande milagre para nós. No momento do nascimento não tinha um médico disponível, mas uma enfermeira fez o parto junto com o pai”, lembra.

Após o nascimento, a criança ainda ficou mais 2 meses na incubadora, mas nasceu sem nenhuma sequela, dificuldades ou deficiência. “É a maior vitória da nossa família. Este testemunho não só impactou a minha vida, mas de toda família e todos que nos conhecem levam esse testemunho consigo, porque enxergam que Deus fez algo nas nossas vidas, graças ao nosso voto, confiança e propósito com Deus, através dos Parceiros de Deus”, destaca.

Francisco hoje é só alegrias e faz questão de destacar a importância dos Parceiros de Deus para sua família.  “O projeto tem um peso muito grande na nossa casa. Nós temos os nossos cofres do PD e toda moeda que sobra, ou que não sobra, colocamos lá. A minha irmã, minha mãe, vizinhos e amigos são Parceiros de Deus, graças a esse grande milagre que Deus fez em nossas vidas”, comemora.