NOTÍCIAS

Creche Vovó Zizi encerra ano letivo com festa de formatura com o tema Paz

A creche Vovó Zizi promoveu na tarde desta sexta-feira a formatura de 2017, aonde teve 14 formandos. A super festa promovida pela instituição teve comidas e várias apresentações musicais. O local estava tomado pela famílias que estavam alegres por viverem aquele momento especial. Priscyla Prado, diretora da Vovó Zizi, retrata que a formatura é o fechamento de um ciclo. “Esse foi um ano excelente para nós. Tivemos muita participação dos pais, vários eventos, a família das crianças participaram mais ativamente também. Foi um ano rico, de solidariedade, cuidado, emoção. Fizemos pela primeira vez as visitar domiciliares e foi muito proveitoso”.

Para o casal Flávio e Gisele Carvalho, a formatura também teve um ar de tristeza. A filha Ana Flávia estava na creche desde os 02 anos e agora se formou. “A creche é um presente para nós. Através daqui conseguimos até acompanhamento médico. Nossa filha se desenvolveu já nos primeiros meses e eles acompanham a educação da criança de perto. Por mim a creche poderia ter continuidade, até o ensino médio. Isso aqui vai deixar muita saudade”, conta Gisele, cheia de lágrimas nos olhos.

Outra que se despediu da instituição foi a manicure Gisele Oliveira, mãe da Maria Vitória que sai da creche após três anos.”Só Deus e a Priscyla sabe como eu cheguei aqui na creche. Estava passando por muitos problemas familiares, pensei até em deixar a minha filha para ela não ver tanto sofrimento e consegui a vaga. Minha filha entrou aqui com pânico e medo das pessoas, hoje ela sai uma outra criança. Eu não queria que ela saísse não, foi uma ajuda muito grande que eu tive de cuidado e educação com a minha filha. A creche também nos ajudou muito na parte social, eu só tenho que agradecer”.

Confira fotos

Creche Vó ZiZI recebe festa surpresa de voluntários

Olhando no dicionário o significado da palavra doação, inúmeras palavras aparecem como significado: brindar, presentear, ofertar, oferecer, transferir, passar, ceder. E foi isso que a gerente comercial Lorena Mesquita fez. Juntou a vontade de ajudar ao próximo, pediu ajuda e concretizou o seu desejo de mostrar que uma simples iniciativa modifica o dia de alguém.

Com a colaboração de um grupo de amigos da empresa em que trabalha, familiares e colegas de célula, conseguiu fazer algo especial nesse Natal. Procurando uma instituição séria para proporcionar um dia de festa, ela escolheu a creche Vovó Zizi, localizada no Campus Arena, Distrito Federal. “Eu sempre tive esse desejo no meu coração e há cerca de quatro meses eu comecei a frequentar a célula do meu tio, Roberto Nobre,  da equipe Fire na Sara Nossa Terra da Ceilândia. Lá eu passei a conhecer a igreja, o projeto Parceiros de Deus e pedi ao meu tio o contato da creche Vó Zizi, porque eu queria fazer algo para as crianças. Então, entrei em contato com a diretora Pryscilla Prado e fui conhecer. Gostei do que vi e marcamos a data dessa ação”, destaca.

Com o local escolhido, Lorena, junto com seus colaboradores, proporcionaram uma tarde de festa com direito a bolo, cachorro-quente, pula-pula, carrocinha de pipoca, sucos e muito mais. A festa contou ainda com pintura de rosto, teatro com fantoches e, claro, a presença da Mamãe e Papai Noel, que trouxeram não somente presentes e roupas, mas reacenderam o espírito da solidariedade e esperança de um futuro melhor às crianças.

Lorena, que é mãe de um casal de crianças, se enche de orgulho por ter realizado essa ação e comenta que esse foi só um ponto de partida para uma parceria ainda maior. “Assim como Deus tocou em meu coração, espero que mais pessoas sejam tocadas.  Essas crianças precisam de ajuda todos os dias e isso só é possível com a doação de tanta gente. Com um pouquinho que cada pessoa faz, já faz a diferença. Isso aqui é uma pequena demonstração de sermos gratos a Deus por tudo e, assim, também mostro aos meus filhos que é bom ter essa iniciativa. E a minha colaboração não acaba por aqui e espero que as pessoas vejam que não é só no Natal que a gente tem que fazer algo a alguém, mas é uma atividade diária”.

E você, também quer fazer parte dessa corrente do bem? Apadrinhe uma criança da creche Vó Zizi. São 55 crianças assistidas, que sem dúvidas se sentirão ainda mais amadas. “É sempre bom ter pessoas dispostas a ajudar, porque é uma oportunidade de proporcionar algo diferente para as crianças”, destaca Pryscilla Prado, coordenadora da creche.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Osvaldo Martiniano

“Os Parceiros de Deus vem como uma proposta de um hospital espiritual”, diz Jorge Johnny

Trabalhar na Central do Parceiros de Deus é uma tarefa que exige muito discernimento e sabedoria por parte dos atendentes. Passar uma palavra de Deus e que toque diretamente ao coração da pessoa do outro lado da linha é o que motiva os funcionários desse setor e com Jorge Johnny, não é diferente. O jovem deixa transparecer por onde passa que é muito grato e feliz no papel no qual ele desempenha. “Eu tenho a honra em fazer parte dessa família espiritual e o projeto Parceiros de Deus é diferente de qualquer outro do mundo pelo fato de lidar não somente com o lado social, mas também porque mexe com o lado espiritual. Ele vai além de um benefício, mas vai de encontro a alma da pessoa”, destaca.

Seja você também quer ser um colaborador, faça parte desse time e ajude a transformar vidas.

Creche Vó Zizi comemora 16 anos levando educação de qualidade e amor aos pequenos

No dia 1 de novembro de 2001 nascia a creche Vó Zizi para atender aos filhos de funcionários do Ministério Sara Nossa Terra. Os anos foram passando, a demanda aumentado e a necessidade de expansão fez-se necessária. Em 2017 são 55 crianças atendidas, entre 1 ano e meio a 5 anos de idade. No começo a creche funcionava como um meio assistencial, aonde as crianças eram somente  cuidadas, hoje elas recebem educação. “Com a mudança da lei, passamos a fornecer a educação básica, não somente ofertar o que comer e as crianças passarem o dia. E essa educação básica envolve todas as manhãs atividades pedagógicas voltadas para a parte da interação, da coordenação motora, da psicomotrocidade, mostrando ao aluno que não é somente estar aqui por estar, mas estar aqui com um propósito, aprendendo realmente a estar preparado para o mundo. Então, a educação infantil é fundamental na educação básica, porque sem educação infantil não tem as outras etapas. Então quando o aluno sai daqui, ele já sai com uma base sobre questões sociais, datas comemorativa”, destaca a coordenada pedagógica Pryscilla Prado.
E sobre o crescimento da creche? As expectativas são as melhores. “Nesses 16 anos já foram mais de 5 mil crianças atendidas, então as nossas expectativas são as melhores no sentido que possamos crescer e que possamos atender ainda mais crianças”. A creche funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, oferecendo quatro refeições diárias, acompanhamentos pedagógicos, médico e nutricional. “A avaliação nutricional acontece duas vezes ao ano, no primeiro e no segundo semestre com a nutricionista Cacilda Costa Rios, que também é a responsável por realizar o cardápio mensal. As crianças são pesadas e medidas com o intuito de avaliar o crescimento saudável de nossos alunos. Com esta ação, é possível saber se os alunos estão abaixo ou acima do peso, bem como se estão evoluindo conforme a faixa etária de sua idade. Os pais podem acompanhar o resultado por meio do recado enviado na agenda das crianças”, explica Pryscilla.
E para comemorar esses 16 anos de existência, foram realizadas atividades pedagógicas ao longo da semana, sendo encerradas as comemoração com o corte do bolo, afinal de contas, para as crianças não existe festa sem bolo e parabéns.
Confira fotos:
Crédito das fotos: Eduardo Lauton