Testemunhos

Creche Vó ZiZI recebe festa surpresa de voluntários

Olhando no dicionário o significado da palavra doação, inúmeras palavras aparecem como significado: brindar, presentear, ofertar, oferecer, transferir, passar, ceder. E foi isso que a gerente comercial Lorena Mesquita fez. Juntou a vontade de ajudar ao próximo, pediu ajuda e concretizou o seu desejo de mostrar que uma simples iniciativa modifica o dia de alguém.

Com a colaboração de um grupo de amigos da empresa em que trabalha, familiares e colegas de célula, conseguiu fazer algo especial nesse Natal. Procurando uma instituição séria para proporcionar um dia de festa, ela escolheu a creche Vovó Zizi, localizada no Campus Arena, Distrito Federal. “Eu sempre tive esse desejo no meu coração e há cerca de quatro meses eu comecei a frequentar a célula do meu tio, Roberto Nobre,  da equipe Fire na Sara Nossa Terra da Ceilândia. Lá eu passei a conhecer a igreja, o projeto Parceiros de Deus e pedi ao meu tio o contato da creche Vó Zizi, porque eu queria fazer algo para as crianças. Então, entrei em contato com a diretora Pryscilla Prado e fui conhecer. Gostei do que vi e marcamos a data dessa ação”, destaca.

Com o local escolhido, Lorena, junto com seus colaboradores, proporcionaram uma tarde de festa com direito a bolo, cachorro-quente, pula-pula, carrocinha de pipoca, sucos e muito mais. A festa contou ainda com pintura de rosto, teatro com fantoches e, claro, a presença da Mamãe e Papai Noel, que trouxeram não somente presentes e roupas, mas reacenderam o espírito da solidariedade e esperança de um futuro melhor às crianças.

Lorena, que é mãe de um casal de crianças, se enche de orgulho por ter realizado essa ação e comenta que esse foi só um ponto de partida para uma parceria ainda maior. “Assim como Deus tocou em meu coração, espero que mais pessoas sejam tocadas.  Essas crianças precisam de ajuda todos os dias e isso só é possível com a doação de tanta gente. Com um pouquinho que cada pessoa faz, já faz a diferença. Isso aqui é uma pequena demonstração de sermos gratos a Deus por tudo e, assim, também mostro aos meus filhos que é bom ter essa iniciativa. E a minha colaboração não acaba por aqui e espero que as pessoas vejam que não é só no Natal que a gente tem que fazer algo a alguém, mas é uma atividade diária”.

E você, também quer fazer parte dessa corrente do bem? Apadrinhe uma criança da creche Vó Zizi. São 55 crianças assistidas, que sem dúvidas se sentirão ainda mais amadas. “É sempre bom ter pessoas dispostas a ajudar, porque é uma oportunidade de proporcionar algo diferente para as crianças”, destaca Pryscilla Prado, coordenadora da creche.

Confira fotos:

Crédito das fotos: Osvaldo Martiniano

Parceiros de Deus realizam ações sociais em Brasília para um natal mais feliz

b1e63e49-6131-4e2a-9e0b-0cf3631ca655O fim de ano bate à porta e os Parceiros de Deus irão realizar ações sociais em prol dos que mais precisam. Fazendo um Natal Melhor, essa é a proposta dos voluntários do projeto.

E para começar o mês bem animado, no dia 02 de dezembro, acontece o Natal em São Sebastião, cidade satélite do Distrito Federal, com distribuição de 500 brinquedos, cachorros-quentes e sucos.

Já no dia 15 de dezembro acontece a distribuição de brinquedos no presídio feminino Colméia. E para encerrar, no dia 16 acontecerá o café solidário na Comunidade Terapêutica Desafio Jovem.

 

“Os Parceiros de Deus vem como uma proposta de um hospital espiritual”, diz Jorge Johnny

Trabalhar na Central do Parceiros de Deus é uma tarefa que exige muito discernimento e sabedoria por parte dos atendentes. Passar uma palavra de Deus e que toque diretamente ao coração da pessoa do outro lado da linha é o que motiva os funcionários desse setor e com Jorge Johnny, não é diferente. O jovem deixa transparecer por onde passa que é muito grato e feliz no papel no qual ele desempenha. “Eu tenho a honra em fazer parte dessa família espiritual e o projeto Parceiros de Deus é diferente de qualquer outro do mundo pelo fato de lidar não somente com o lado social, mas também porque mexe com o lado espiritual. Ele vai além de um benefício, mas vai de encontro a alma da pessoa”, destaca.

Seja você também quer ser um colaborador, faça parte desse time e ajude a transformar vidas.

Atendente dos Parceiros de Deus, Breno Júnior enxerga no projeto uma maneira de resgatar vidas

Você já imaginou estar no primeiro dia de trabalho e no outro lado da linha ouvir de uma pessoa que pretendia tirar a própria vida? Foi exatamente nessa situação que se viu o jovem Breno Júnior, atendente da Central dos Parceiros de Deus.

Muitas pessoas nessa situação,  pensaria algumas vezes antes de permanecer no emprego, mas desde aquele momento, Breno viu que poderia fazer a diferença na vida de muitas pessoas. “Eu coloquei aquela situação nas mãos de Deus e mostrei uma direção na vida dele. Lhe disse que Deus era maior do que qualquer dificuldade que estava passando. Deixei um versículo e para a honra e glória de Deus, uma semana depois eu atendi a mesma pessoa”.

Quer saber como se deu o desenrolar dessa história? Confira o vídeo na íntegra: