Posts com a tag jovem

Paula Souza semeou nos Parceiros de Deus para abrir a própria célula e alcançou seu objetivo

Poder falar sobre o Senhor e propagar a Sua Palavra, esse era o sonho da jovem Paula Souza, que é membro assídua da Sede da Sara Nossa Terra, de Goiânia. E foi pensando nesse objetivo de vida, que ela decidiu semear nos Parceiros de Deus. “Eu fiz uma oferta um dia, com o intuito de abrir a minha célula”, lembra.

Em pouco tempo e para a felicidade de Paula, esse objetivo foi alcançado e ela tornou-se líder de célula. “Com pouco mais de um mês eu abri a minha célula, graças aos Parceiros de Deus que tem sido uma bênção na minha vida”, acrescenta.

A alegria e satisfação em servir ao Senhor é nítido na fala da jovem, que aproveita a oportunidade para fazer um convite a todos aqueles que não conhecem o projeto. “Seja um Parceiros, porque você não vai perder nada, além de ser uma oportunidade do Senhor usar a sua vida. É uma bênção fazer parte desse projeto, porque como o próprio nome diz: é ser, de verdade, amigo de Deus”, destaca.

ParceirosdeDeus_Banner700x90_Outubro10-

Membros da Embaixada SNT realizam visita à comunidade terapêutica de Planaltina (DF)

Parceiro-de-Deus-6968-150x150O clima era de total interação e muita alegria na manhã deste sábado (05), na comunidade terapêutica “Desafio Jovem Brasília”, localizada em Planaltina, no Distrito Federal. O motivo? Uma visita muito especial realizada por membros da Embaixada Sara Nossa Terra sob a coordenação da Bispa Ana Célia.

O grupo de visitantes era composto por mais de 30 pessoas entre bispos, pastores, líderes e discípulos. Desde o pequeno Lucas com apenas 3 meses de vida, ao mais velho, todos  reservaram um tempinho do seu dia para se dedicar ao voluntariado. “Está ação promovida pela igreja é muito linda e fico feliz por poder ajudar outras pessoas, ainda mais em um mundo tão individualista que temos vivido. As pessoas se disponibilizarem ao outro é um ato muito bonito”, disse a jovem Stephanie Nunes, 16, que visitava pela 1ª vez a comunidade.

E os visitantes promoveram um café da manhã com uma mesa farta de frutas, bolos, sucos, pães, além de contribuírem para a manutenção do local com doações de materiais de limpeza, alimentos não perecíveis, verduras e frangos. Mas muito mais que levar um donativo material, um carinho, uma palavra amiga e atenção fizeram a diferença para os 35 alunos que atualmente residem no local. “Essa ação eu vejo em dois ângulos: Primeiro é o bem estar que gera nas pessoas que querem ajudar e fazem isso voluntariamente. Segundo, as pessoas que aqui residem e a própria entidade recebe um novo fôlego para conseguir superar os problemas. Com a visita a gente percebe que eles se sentem mais motivados”, comentou o Bispo Abmael Lira.

Para  reforçar a importância da visita e o apoio aos alunos, o coordenador do local Lindenberg Boechat destacou que a ação pode ser traduzida como “amor”. “Eles precisam muito desse carinho, principalmente, porque lá fora eles eram excluídos, marginalizados. Isso pra gente não tem preço, nos deixa muito feliz”.

Prestes a completar o tratamento, o paulista Rodrigo Pivoto é só alegria ao contar que já está com passagem comprada para voltar a sua cidade natal,  São José dos Campos (SP). “Vou no final do mês rever toda a minha família e fico por lá 15 dias, mas volto,  agora para ser um estagiário de obreiro e poder ajudar outras pessoas, porque sei que a minha vida desde que pisei neste local pela primeira vez tem sido só de bençãos”, comemorou.

A comunidade é mantida por meio de doações e sempre está de portas abertas para receber a todos que necessitam de ajuda. Está situada em um ambiente arborizado e que transmite muita paz. Os funcionários são voluntários e dedicam suas vidas exclusivamente à causa. O tratamento dura 9 meses, sem uso de medicamento e o aluno é livre para sair quando quiser.

Jovem explica o símbolo do PD para crianças no semáforo e tem uma bela supresa

O projeto Parceiros de Deus (PD) contribui para a transformação de vidas e a sua semente surpreende nas pequenas coisas, como testemunha Hurley.

O jovem líder de equipe, morador de Marabá (PA), participava de uma gincana em prol do projeto e ao vender balas num sinal foi surpreendido por um grupo de crianças carentes que, curiosamente, perguntaram o que representava a “Abelhinha”.

Mal sabia Hurley que aquele simples ato de explicar o símbolo do Parceiros de Deus, tocaria para sempre sua vida. As crianças recolhiam latinhas de alumínio para vender e ajudar no sustento de casa, mas ao conhecerem o PD tomaram uma atitude que surpreendeu o grupo que participava da gincana.

Quer saber o que tanto emocionou o jovem e toda a equipe? Confira o testemunho na íntegra: