Blog

Ana Cristina conta como alcançou seus objetivos ao se tornar Parceira de Deus


Neste testemunho, Ana Cristina Ledur conta que colocou alvo e objetivo na oferta aos Parceiros de Deus. Tudo começou quando ela e o namorado, hoje marido, foram incentivados a contribuir no projeto ao ouvirem uma ministração da bispa Ana Lúcia, na SNT de Cascavel/PR.

Diante da  de um desafio, lançaram a primeira semente e sentiram-se empolgados a prosseguir em constância  que se fortalecia a cada novo mês. Ou seja, quanto mais semeavam, mais determinados se sentiam em prosseguir no foco. 

Em meio aos sinais, ela destaca que o esposo queria muito cursar Engenharia mas as condições financeiras não ajudavam, foi quando a universidade deu grande um desconto não só a um, mas aos dois para fazerem o curso que tanto almejavam.

“Deus sempre tem nos honrado em todas as áreas. O projeto nos desafiou a viver a fé em prática e ao mesmo tempo a poder ajudar igualmente a outras pessoas”, destaca.

Dário Rener Rodrigues tem visto milagres em suas células ao incentivar que todos façam parte do PD

Dário Rener Rodrigues conta que sua estruturação e de toda família veio por meio dos Parceiros de Deus que abrem recursos para que novas igrejas sejam abertas.

Ele faz questão de frisar que sempre incentivou as pessoas a fazerem parte do projeto em sua célula e um testemunho que ele gosta de contar é de uma discípula que ao pagar o último carnê dos Parceiros, recebeu a notícia que teria o órgão transplantado. Cirurgia esta que ela esperava há tempos. “Hoje ela vive perfeitamente, com um casamento ainda mais abençoado, pois  Deus restituiu sua vida em todas as áreas”.

Igualmente, ele acentua que ao lado da esposa Nayara, chegou à Sara Nossa Terra no final de 2007. Já tinha frequentado outras igrejas, mas mesmo assim, sentia um grande vazio. ” Hoje, somos missionários no Parque das Nações, em Aparecida de Goiás. Recordo que fui para o Revisão de Vidas e  fui tão bem acolhido que quando cheguei todos foram me abraçando. E estar inserido no mover das células de multiplicação é uma forma de estar ainda mais atuante no projeto que salva vidas, pois minha vida antes era muito conturbada com bebidas, drogas, mulheres e participava de todas as festas, carnavais, mas hoje posso afirmar que sou fruto do projeto Parceiros de Deus, porque por meio dele igrejas Sara Nossa Terra são abertas e resgatam vidas, assim como aconteceu comigo”, finaliza

Diná Rodrigues conta que colhe frutos de sucesso em sua empresa graças às sementes lançadas no PD


A gestora financeira, Diná Rodrigues conta que foi por meio da Rede Gênesis de Televisão que aliançou-se ao  projeto Parceiros de Deus .

Ela destaca ainda que, desde a primeira célula que participou juntamente com o esposo, tornaram-se parceiros individuais e nunca mais deixaram de semear no projeto. “Eu estava afastada por sete anos da igreja e ao voltar, entendi ainda mais a importância de ofertar. No outro dia cheguei em meu trabalho e fiz o cadastro e desde então, o Senhor tem nos mantido de pé e nos fortalecido. Hoje, meu esposo tem uma empresa, que também é ligada aos Parceiros, onde é fruto de nossa aliança”.

Diná é só elogios ao projeto, pois sabe que a semente lançada nunca volta vazia. “Eu acredito muito neste projeto e não abro mão, porque é uma semente que lançamos sabendo que terá retorno”, destaca.

“Minha esposa não procurou o emprego. Ele a procurou”, diz Verilson Navarro

Neste testemunho dos Parceiros de Deus, Verilson Navarro Filho, conta que em aliança ao  projeto Parceiros de Deus, ele e a esposa Yngrid Haiany, tiveram as contas pagas e, literalmente, um emprego a procurou .

“Somos Parceiros de Deus e embarcamos neste projeto maravilhoso. Percebemos que em um ano que estamos no projeto o Senhor tem nos abençoado grandemente, pois não tem nos deixado faltar nada. Inclusive, tem nos dado estratégias para vencer. Éramos endividados e conseguimos pagar as nossas contas.  Minha esposa está terminando a residência em fisioterapia e recebia uma ajuda financeira, mas estávamos receosos quando este valor terminasse. Ela ficaria um tempo procurando serviço. Mas Deus foi tão maravilhoso que ela sairá somente em março e já tem um trabalho certo. Um emprego incrível, perto de casa e que vai abrir possibilidades de muito crescimento. Ou seja, minha esposa não procurou o emprego, ele a procurou”, comemora.